15 maio, 2012

na sombra dos seus lutos



"Quando voltar (...) as cigarras já terão morrido. Quem lá encontraremos, pela certa, são aquelas mulheres envolvidas na sombra dos seus lutos, como se a terra lhes tivesse morrido e para todo o sempre se quedassem órfãs. (...) Com mãos friáveis teceram a rede dos nossos sonhos, alimentaram-nos com a luz coada pela obscuridade dos seus lenços. Às vezes encostam-se à cal dos muros a ver passar os dias, roendo uma côdea ou fazendo uns carapins para o último dos netos ..."
Eugéno de Andrade - "As Mães"
Senhora Helena - Tomadias (V.N.Foz Côa)
13 maio 2012

10 comentários:

ELIZABETH DE LIMA VENÂNCIO disse...

Sinto no peito a solidão de mil mulheres. que de seu só tem o marido, os filhos e a dor.

BELISSÍMO TEXTO.

ABRAÇO.

Avtoprokat disse...

Fantastic photo and caption. Bravo!

Mariangela disse...

Belíssima fotos e texto, que me emocionou!
Abraço!

MOISÉS POETA disse...

Uma postagem para emocionar qualquer leitor.

Lindo demais !!

Abraços !

Mari@ disse...

Adorei seu blog! É tão simples de Uma delicado tão grande, escritas e fotos lindíssimas!

Parabéns.

Blog da Bete disse...

Lindo, lindo e lindo
abraços

António Jesus Batalha disse...

Olá , passei pela net encontrei o seu blog e o achei muito bom, li algumas coisas folhe-ei algumas postagens, gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, e espero que continue se esforçando para sempre fazer o seu melhor, quando encontro bons blogs sempre fico mais um pouco meu nome é: António Batalha. Como sou um homem de Deus deixo-lhe a minha bênção. E que haja muita felicidade e saude em sua vida e em toda a sua casa.
PS. Se desejar seguir meu blog fique á vontade, eu vou retribuir.

Nathan Barbosa disse...

Parabéns, me identifiquei muito com o Blog.

Maria Rina disse...

Olá!!
Quer ganhar $$$$ com seu BLOG trabalhando 1h por dia?
Voce não precisa vender nada e nem indicar pessoas.

Acesse: http://ganhosweb.com

Maria Luisa Adães disse...

Com muito interesse e muita sensibilidade o que nos apresenta!

Emocionantes suas preferências.
Quem se lembra? Ninguém! Digo bem ou exagero?

Maria Luísa

(os7degraus.blogspot.com) - poesia!